.

.

Televisa anuncia projeto para reviver novelas de sucesso como A Usurpadora, Rubi e A Madrasta



Uma grande notícia para os fãs de novelas mexicanas: a Televisa anunciou nesta segunda-feira (15) um novo projeto que irá reviver alguns dos seus folhetins de maior sucesso.

Através de uma nota oficial divulgada em seu site e mídias sociais, a rede mexicana explicou que o projeto, intitulado “Fábrica de Sueños” (“Fábrica de Sonhos”), vai reviver, em formato de antologia de série, de 25 episódios, 12 de suas novelas de maior sucesso.

Os títulos escolhidos foram: Ambição (1986), A Usurpadora (1998), Estranho Poder (1984), Rubi (2004), Colorina (1980), A Madrasta (2005), Os Ricos Também Choram (1979), Rosa Selvagem (1987), Lágrimas de Amor (2012), Quinze Anos (1991), O Privilégio de Amar (1998) e Coração Selvagem (1993). A maioria dos folhetins já forma exibidos no Brasil através do SBT, e alguns deles se tornaram clássicos, como a própria A Usurpadora, estrelada por Gabriela Spanic, A Madrasta e Rubi.

A ideia da Televisa é “manter a mesma essência e intensidade” de cada uma das tramas e personagens das novelas, mas com uma nova roupagem, abordagem multi-plataforma e em contexto moderno e mais atual. Os novos projetos terão orçamentos superiores aos originais, com novos atores, incluindo grandes estrelas da televisão mexicana. Porém, nenhum nome ainda foi confirmado. A Cidade do México e Nova York estão entre os cenários escolhidos para as gravações.

0 comentários:

Visitantes pelo mundo