.

.

Ex-repórter do “Domingo Legal” vira vendedora e sonha reencontrar Gugu

Silvana Kieling na Band (Foto: Reprodução)
Silvana Kieling na Band (Foto: Reprodução)
Gugu é um dos apresentadores que mais realizou reencontros nos palcos dos seus diversos programas na TV. No entanto, agora a história é um pouco diferente. A repórter Silvana Kieling, que trabalhou durante 13 anos com o loiro no “Domingo Legal”, sonha em vê-lo novamente.
Hoje, ela ganha a vida vendendo roupas fitness com seu nome, e durante a crise atual, sua empresa está mal nas vendas. Em uma entrevista ao portal UOL, ela revelou que a loja foi aberta em um shoppinh no Morumbi, bairro nobre de São Paulo, após ficar desempregada da TV.
Ela é jornalista desde 1977, mas está fora da televisão desde dezembro de 2014, com a extinção do “Tá na Tela”, da Band. “Precisava ter um plano B na vida. Eu me vi desempregada, tinha que pagar as contas, não tinha outra renda e sempre fui ligada em fitness”, conta a loira.
“Peguei minha grana e investi”, explicou ela, que apesar da fama, seus negócios não estão indo bem. “Olha, para todo mundo, com essa crise o comércio foi muito fraco”, lamenta ela, que pretende pedir ajuda aos seus antigos colegas de trabalho para superar as dificuldades.
Silvana Kieling no "Domingo Legal" (Foto: Divulgação)
Silvana Kieling no “Domingo Legal” (Foto: Divulgação)
Segundo ela, seu negócio é a TV, e o seu sonho é voltar a trabalhar com Gugu. Até hoje, ela é reconhecida nas ruas como repórter do “Domingo Legal”, programa que deixou em 2011, quando o programa passou a investir apenas no entretenimento, abandonando o jornalismo.
“Estou na minha loja, mas adoraria voltar para o Gugu, porque eles vão voltar agora. Falei com um diretor que trabalhou com a gente está hoje com o Gugu, mas ele falou que a Record está usando o pessoal do jornalismo de lá. Meu sonho é voltar a trabalhar com o Gugu”, revela.
“É um carma. Vou morrer sendo repórter do Gugu”, afirma Silvana, que não vê o ex-colega desde 2009, quando ele deixou o SBT e foi para a Record. “O que a gente fazia, emocionar as pessoas com os reencontros, é sensacionalista, mas ajudava as pessoas”, relembra.
E ela explica: Não é aquele sensacionalismo que só mostra a desgraça. Mostrávamos porque dava ibope, nenhuma emissora trabalha sem isso, mas ao mesmo ajudamos muita gente”. Seu último programa foi o “Tá na Tela”, com Luiz Bacci, mas a atração foi cancelada muito cedo.
Gugu voltará com nova temporada de seu programa na Record (Foto divulgação) (Foto: Divulgação)
Gugu voltará com nova temporada de seu programa na Record (Foto: Divulgação)
Na época, ela se dividia entre vendedora da loja e repórter do programa, mas lá, ela conta que teve de suportar pautas constrangedoras. “Fiz inseminação de um porco com uma porca. Essa foi a mais bizarra, colocando o negócio na porca e tirando do porco”, recorda.
Vale lembrar que Gugu volta com o seu programa na Record em fevereiro deste ano.

0 comentários:

Visitantes pelo mundo