.

.

Após Ana Paula, “BBB 16” pode ter mais duas expulsões



Como todos já sabem, Ana Paula foi expulsa pela produção do “BBB 16” por agredir Renan. No entanto, essa decisão pode não ter sido a solução de todos os problemas, já que essa saída envolve outras duas possíveis desclassificações.

De acordo com a colunista Keila Jimenez, do R7, a produção do programa estuda expulsar também os participantes Renan e Adélia da atração. Durante a festa de ontem, o tapa de Ana teve início após Adélia jogar bebida em sua cabeça.

Para separar a confusão, Renan empurrou Ana Paula, antes dos tapas no rosto. Tudo isso também pode ser considerado agressão, por parte da produção. Antes disso, Adélia estava prestes a rasgar as roupas da rival, mas foi impedida.

Diferente das temporadas anteriores, a Globo não conseguiu fazer os atuais participantes de marionetes do show de edição quase roteirizado, onde casais são formados e desmanchados, amizades se desfazem, e há a proteção da produção.Uma voz da produção do programa pediu que ela parasse. A Globo, por sua vez, está perdida em relação ao que fazer de acordo com as regras do programa, e o que quer fazer para que a boa audiência da edição não vá por água abaixo.

Sem o controle nas mãos, a Globo evitou ao máximo a saída de Ana Paula, e agora, não sabe como barrar a queda de audiência que está prevista para os próximos dias. Na web, a emissora é alvo de protesto por parte do público.

Há uma forte pressão para que Renan e Adélia sejam eliminados, pois também também “agrediram” e provocaram Ana Paula. Vale lembrar que essa é a primeira expulsão do programa, mas não é a primeira agressão que acontece.

Em 2007, Diego Alemão se envolveu em uma briga feia, quando Fani acabou jogando uma garrafa nele. No dia seguinte, o Bial disse que a loira só não tinha sido expulsa porque o Alemão não sofreu nenhum corte grave.




0 comentários:

Visitantes pelo mundo