.

.

Roberto Gomez Bolanõs, o eterno “Chaves” morre aos 85 anos



Intérprete do eterno “Chaves”, um dos personagens mais consagrados do humor mundial, Roberto Gomez Bolaños morreu na tarde desta sexta-feira (28), no México. É o que informa o canal mexicano Televisa.

 Até o momento ainda não se sabe o que motivou a morte do comediante. Bolaños já vinha com a saúde debilitada faz algum tempo e foi internado diversas vezes neste ano. Ele tinha problemas respiratórios e de locomoção, e estava desde o final do ano passado respirando com um cilindro de oxigênio.

 Roberto Gomez Bolaños tinha 85 anos e residia em Cancún, cidade litorânea do México, ao lado da esposa Florinda Meza, a Dona Florinda do seriado “Chaves”.

 Nascido em 21 de fevereiro de 1929, Bolaños era ator, escritor, compositor, comediante, dramaturgo e diretor. Ele deixa seis filhos, sendo cinco mulheres.

 Sucesso na TV Os programas de ​Chespirito foram exibidos durante quase trinta anos ininterruptos no México, e saiu do ar em 1995. Nos anos 1980, Silvio Santos comprou novelas mexicanas da Televisa e recebeu “Chaves” e “Chapolin” como “brinde”. As séries estrearam em 1984 e estão até hoje no ar, sendo sucesso em audiência.

0 comentários:

Visitantes pelo mundo