.

.

Assim como fez com Gugu, Record passará adotar esquema de parcerias


Na volta de Gugu Liberato para a Record ficou definido que ambos dividirão os gastos e o faturamento das produções dos dois programas que o apresentador irá comandar no canal em 2015.

 O que Gugu vai receber agora passa bem longe do salário de R$ 3,5 milhões mensais que o apresentador ganhava quando era contratado da emissora dos bispos. Mas, apesar disso, pesaram vários fatores para o âncora decidir acertar com a Record. SBT e Band não ofereceram as condições que o apresentador sonhava. O canal de Edir Macedo procura produções independentes que paguem a própria conta. E o diretor de Gugu, Homero Salles, tem um contrato altíssimo com a Record, válido até 2017.

 De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, esse esquema de parceria e produção independente será cada vez mais adotado pela emissora.

0 comentários:

Visitantes pelo mundo