.

.

Para Roberto Justus a beleza do candidato vale pontos na hora da contratação



Para o empresário e apresentador Roberto Justus, na hora da contratação, a beleza do candidato influência bastante.

 “Não basta ser, tem que parecer. O que vou falar é polêmico, mas diante de dois candidatos com experiências e currículos parecidos, o critério de desempate é a aparência.” Afirmou o empresário em entrevista. “Entre alguém com peso normal e um obeso mórbido – e não estou falando de alguém com sobrepeso, hein? – quem tiver a melhor condição física será contratado. Até porque, o empregador pensa nos problemas que está evitando”. Avalia Justus.

 O empresário também revelou que o principal sinal para o funcionário perceber que será demitido é quando ele passa a ser avisado várias vezes e persiste no erro. Empresa correta não surpreende o funcionário. Isso de esvaziar as funções do empregado para que ele peça demissão é covardia.

O que é isso? Medo de pagar o FGTS?”. Avisou ele. “Faça o que você ama. É preciso ser ‘amador’ antes de ser profissional”. Finalizou ele dando conselho para quem quer ter sucesso profissional.

 Roberto Justus está de volta no comando do reality da TV Record, “Aprendiz – O Retorno”.

1 comentários:

Serginho Tavares disse...

esse Robeto é uó!
demitam ele, please!

Visitantes pelo mundo