.

.

Cineasta cria “Chaves” brasileiro; confira!



No ar no SBT desde 1984, a série “Chaves” acaba de ganhar uma espécie de versão brasileira, em formato de curta-metragem.

A atração, intitulada “Moleque”, é dirigida pelo cineasta mineiro Marcos Pena, fã da série mexicana escrita e estrelada pelo saudoso Roberto Gómez Bolaños. “Moleque”, título que faz referência ao original “El Chavo” (que em espanhol significa “garoto”), mostra a chegada de um menino órfão a um cortiço, e apresenta praticamente todos os personagens da série, mas com nomes diferentes. Quico, por exemplo, virou “Fred” (abreviação de Frederico, nome original do personagem), e Chiquinha é chamada de Fran (Francisquinha no original).

Ao contrário da série, onde boa parte dos personagens são vividos por adultos, o curta mostra os papéis infantis sendo interpretados por crianças de verdade. “A maior dificuldade foi adaptar essa história para a realidade brasileira, tirar a caricatura teatral da série, com adultos interpretando crianças, e transportar para uma vila real, com crianças de verdade”, explica o cineasta em entrevista ao portal “UOL”.

Pena diz que pretende produzir mais episódios assim que conseguir patrocínio, mas reclama da falta de espaço de atrações infantis em eventos brasileiros. “A temática infantil não é muito vista em festivais. Pessoal gosta mais de filmes ‘cabeça’ e não curte filmes para crianças”, disse.

O cineasta, que sonha exibir seu filme no SBT, revela que recebeu aprovação de Roberto Gómez Fernández, filho de Bolaños, que faleceu em novembro de 2014. “Ele disse: ‘Gostei e está liberado’. Não preciso nem pedir direitos, porque curta-metragem não tem vínculo comercial. Falou: ‘Pode rodar onde você quiser, porque não é o Chaves, e sim uma adaptação'”, revelou.

Confira o curta-metragem:

0 comentários:

Visitantes pelo mundo