.

.

Ator Adeílton Pereira, que deu vida a 'Biuzinha', iniciou carreira em 1980

Biuzinha em cena do espetáculo Pastoril Profano


O ator Adeílton Pereira Dias, que interpretava a personagem "Biuzinha Priqui", do espetáculo de humor Pastoril Profano, morreu nessa quinta-feira (18) e deixou sem sorrisos toda a cena humorística da Paraíba. Biuzinha representava a chefe das pastoras do espetáculo e foi o próprio Adeílton o responsável pela caracterização da personagem.

Adeílton Pereira e Gretchen, ele fã número 1 da cantora


Adeílton é natural de João Pessoa , e entre cinco irmãos ele foi o único especialista na arte de fazer rir. O ator começou a atuar no fim dos anos 1980, no Grupo Tenda, onde chegou a fazer teatro infantil. No anos 1990, participou da criação da Companhia Paraibana de Fuleragem, que mais tarde de transformou na Companhia Paraibana de Comédia, fazendo surgir as gargalhadas de tantos espectadores com o “Pastoril Profano”.

As Meninas do Pastoril profano, um sucesso de público


Na Companhia Paraibana de Comédia, Adeílton Pereira criou a célebre personagem Biuzinha, que o tornaria conhecido pelo público de teatro e, em seguida, também pelo público de televisão.
No teatro, foram mais de trezentos mil espectadores ao longo de vinte e três anos do “Pastoril Profano”. Certamente, o seu personagem e a sua risada ficarão para sempre na memória do teatro paraibano.

0 comentários:

Visitantes pelo mundo