.

.

“Máquina da Fama” completa 50 edições e fica onze meses à frente da Record

Patrícia Abravanel comanda o “Máquina da Fama”; atração é vice-líder há onze meses
(Foto: Lourival Ribeiro / SBT)
Nesta segunda-feira (04), o “Máquina da Fama” chegou a sua 50ª edição com resultados de audiência a serem comemorados pelo SBT. Dos 49 programas exibidos até a semana passada, o show de talentos do SBT comandado por Patrícia Abravanel registra 43 vitórias, cinco derrotas e um empate. São onze meses – não consecutivos – na vice-liderança na Grande São Paulo.
A segunda temporada do programa que estreou no dia 02 de março, conquistou o segundo lugar em todos os nove confrontos. Em março, o “Máquina da Fama” atingiu 5.5 pontos de média, contra 4.1 da Record. Já em abril, a atração comandada pela filha de Silvio Santos ampliou a vantagem e fechou com 5.7 de média, contra 4.1 da rede de Edir Macedo.
O “Máquina da Fama” não perde para a Record desde o programa exibido em 09 de dezembro de 2013.
A atração estreou em novembro de 2013, porque devido a possíveis alterações no formato do programa “Famoso Quem?”, a FremantleMedia decidiu romper o contrato com o SBT, que queria que Patrícia fosse a apresentadora do reality, algo que não possui no formato original. Então, Silvio Santos mandou que fizessem um programa para sua filha.
Colocado no ar as pressas, o “Máquina da Fama” e enfrentou dificuldades em seu primeiro mês – quando ainda era exibido aos sábados. Registrou média mensal de 4.5 pontos, contra 6.0 da Record, em novembro de 2013.
Quando mudou para as segundas-feiras, em 02 de dezembro de 2013, o programa começou com baixa audiência, mas logo cresceu e superou a Record, fechando o mês com 4.3 pontos, contra 3.9 da concorrente.
Em janeiro de 2014 o “Máquina da Fama” deslanchou, e teve 5.0 pontos de média mensal, contra 3.5 da Record. Em fevereiro o programa ampliou ampliou os índices, ficando com 5.3, contra 3.3 do canal da Barra Funda.
Mas foi em março que a atração de Patrícia Abravanel teve a maior vantagem sobre a emissora de Edir Macedo, marcando 5.5, contra 3.0. Quase o dobro.
No mês de abril o placar foi de 5.0 a 3.3. Em maio o “Máquina da Fama” registrou queda, mas seguiu na vice-liderança com 4.9 contra 4.3 da concorrente.
Em junho do ano passado conquistou 5.0 pontos contra 3.4 da Record. No mês seguinte disparou, e fechou com 5.7 contra 3.4 da emissora da Barra Funda. Já em agosto, o último mês da primeira temporada, o programa da filha de Silvio Santos cravou sua maior média mensal: 5.9 pontos. A rede de Edir Macedo ficou com 3.6 pontos.
Cada ponto equivale a 67 mil domicílios na Grande São Paulo.

0 comentários:

Visitantes pelo mundo