.

.

Reformulado, “Vídeo Show” voltará a ser comandado por Miguel Falabella




O novo diretor do “Vídeo Show” já começa a a anunciar as medidas que serão promovidas na “operação resgate” do programa, que sofreu no último ano com a inconsistência no formato. Para isso, ele acaba de escalar nada menos que Miguel Falabella para assumir a apresentação.

 Após 13 anos fora da atração, ele foi convidado pelo próprio Boninho. “Recebi o convite no início de dezembro e gostei da proposta do Boninho para encerrar o programa”, contou Miguel. Ele apresentou o “Vídeo Show” entre os anos de 1987 e 2001, um dos mais lembrados pelo público.

 O ator, diretor e dramaturgo agora tem a missão de recuperar a boa audiência do programa, que no último ano atingiu os piores índices em 31 anos de existência. Após um ano e seis meses sob a direção de Ricardo Waddignton, Boninho deverá trocar a equipe e já fez outros convites.

 Recentemente, ele chamou Cissa Guimarães para retornar ao programa como repórter. Em entrevista, ela afirmou que pensa na possibilidade. Já Boninho, diz que está estudando as mudanças que pretende promover, mas sem revelar as novidades que o público deve esperar para 2015.

 “Estou avaliando tudo. Posso voltar com o antigo formato, manter o que está no ar ou uma terceira alternativa, que é trazer coisas novas ou surpreendentes”, respondeu o diretor, que integrou a equipe do programa no início dos anos 80, ainda como um dos assistentes de produção.

 Ele só assume o programa em janeiro, mas já está agindo nos bastidores. Os repórteres Sergio Hondjakoff, Mariana Xavier e as gêmeas do nado sincronizado, Bia e Branca Feres, já foram dispensados. Pathy de Jesus e Zeca Camargo também devem sair no ano que vem.

 Marcela Monteiro continua e Otaviano Costa poderá escolher se pretende continuar ou não no vespertino.

0 comentários:

Visitantes pelo mundo