.

.

Globo poderá repetir antigo modelo do SBT em suas novelas; entenda



Ainda que conte com uma grande estrutura em seu departamento de dramaturgia, a Globo pode repetir uma velha fórmula que costumava ser utilizada pelo SBT em suas produções no setor.

 O esquema de novelas totalmente escritas antes de sua exibição, prática sempre vetada na emissora carioca, será testado em "Meu Pedacinho de Chão", que substituirá "Joia Rara" - que, por sinal, está longe de ter seus textos finalizados -, e poderá ser repetido na faixa das 23h.

 Segundo a jornalista Patrícia Kogut, "Sete Vidas", de Lícia Manzo, deve seguir o mesmo cronograma. A roteirista, que tem em seu currículo "A Vida da Gente", "Tudo Novo de Novo" e outras produções, já escreveu 9 dos 57 capítulos de sua nova história e pretende finalizá-la até metade de 2014. A exibição, por sua vez, só deverá ocorrer um ano depois: na metade de 2015.

 Entenda:

 Vários autores defendem o modelo de novelas finalizadas antes do início da exibição. João Emanuel Carneiro, de sucessos como "Avenida Brasil" e "A Favorita", é um dos que já manifestou sua aprovação quanto ao assunto.

Para ele e outros colegas, é mais confortável para o roteirista que se escreva sem interferência dos resultados de audiência - os quais podem provocar o aumento da participação de determinados personagens ou até mesmo a extinção de núcleos inteiros.

O SBT foi uma das emissoras que mais se valeu deste modelo e ia ainda mais além. Os folhetins adaptados do México eram escritos com ampla antecedência e não eram raras as novelas que estreavam ao mesmo tempo em que sua equipe finalizava o capítulo final.

Apesar de considerado arriscado, o esquema proporcionava economia no orçamento.

0 comentários:

Visitantes pelo mundo