.

.

Quatro emissoras da TV aberta prometem bancar a vinda de um outro instituto de medição de audiência Brasil



O instituto germânico GfK, que pretende se tornar concorrente do Ibope no Brasil em medição audiência da televisão, irá reunir-se nos próximos dias com o mercado anunciante e emissoras de TV para dar sequência aos acordos de instalação do serviço.

 O GfK atua em mais de cem países, entre eles EUA, Holanda e Portugal, oferece amostragem de pesquisa 35% maior que a do Ibope e com preço menor. O instituto apresentou orçamento preliminar de cerca de R$ 50 milhões anuais, a ser dividido entre os clientes do país para a implantação da pesquisa. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a Band, Record, SBT e RedeTV! estão negociando a divisão desses custos.

 A empresa alemã quer colocar a pesquisa em funcionamento em 2014. “Está tudo indo bem. A cúpula da GfK está vindo ao Brasil para reuniões técnicas e comerciais com os interessados”, afirma o empresário Fabio Wajngarten, que intermedeia as negociações no país.

1 comentários:

Serginho Tavares disse...

só no Brasil pra existir dois institutos de pesquisa!

Visitantes pelo mundo