.

.

Ricky Martin admite que já foi homofóbico



Ricky Martin mudou muito depois que saiu do armário. Em entrevista a revista GQ australiana o cantor revelou que praticava bullying contra gays, quando ainda não era assumidamente homossexual.

 Atualmente o astro latino é muito bem resolvido quanto a sua sexualidade, por isso aos 41 anos não se importa em assumir que foi preconceituoso no passado.

 “Hoje eu olho para trás e percebo que fazia bullying com os gays. Eu internalizei a minha homofobia… Mais tarde percebi que estava confrontando a mim mesmo. Eu queria sair disso”.

 Fora do armário há três anos, ele conta que não se aceitava e descontava sua insatisfação nos outros. “Eu era muito bravo, muito rebelde. Eu olhava para gays e pensava ‘não sou assim, não quero ser assim, isso não sou eu’… tinha vergonha”, admitiu o cantor.

 Parte da culpa por sua postura preconceituosa, Ricky atribui a pressão da sociedade. “Quando todos dizem que você é errado em relação à sociedade e à sua fé, você perde a auto-estima. Eu colocava minha raiva nas pessoas ao meu redor”, explicou Ricky, que era católico.

0 comentários:

Visitantes pelo mundo