.

.

MSN sairá do ar no dia 15 de março




A Microsoft anunciou nesta quarta-feira o fim do Windows Live Messenger, previamente conhecido como MSN. De acordo com a companhia, o serviço sai do ar no próximo dia 15 de março, quando será definitivamente substituído pelo Skype – adquirido pela Microsoft em 2011 por 8,5 bilhões de dólares. Após o prazo limite, apenas algumas cidades chinesas continuarão com acesso ao Messenger, uma vez que a plataforma que o substituirá é controlada com o auxílio de operadoras de telefonia móvel no país.

“Para fazer a migração, basta atualizar o Skype para a última versão e entrar no serviço utilizando sua conta da Microsoft. Todos os contatos do Messenger estarão na ponta de seus dedos. Você poderá enviar mensagens instantâneas e iniciar conversas em vídeo como antes, além de descobrir novas formas de se comunicar através do seu smartphone ou tablet”, informou a Microsoft em um comunicado oficial.

 A transição foi facilitada pelas mudanças realizadas no ano passado no sistema de contas do Windows Live, que foi transferido para um novo modelo de cadastros. Ao entrar no Skype utilizando a conta da Microsoft – as alternativas são a própria conta do Skype e a conexão com a rede social Facebook – o programa faz a migração imediata dos contatos.

 De acordo com leitores do site de VEJA, a atualização não agradou, e pode apresentar problemas durante a migração dos contatos. A equipe responsável pelo Skype afirmou que está monitorando os problemas para corrigi-los o quanto antes. Para auxiliar os usuários, a Microsoft publicou uma lista de respostas para as dúvidas mais frequentes dos usuários.


VEJA

0 comentários:

Visitantes pelo mundo