.

.

SBT estuda abrir segundo horário de novelas em 2016, com trama adulta e inédita

Cena da novela "Corações Feridos" (Foto: Lourival Ribeiro/SBT)
Patrícia de Barros e Flávio Tolezani em cena de “Corações Feridos”, última novela adulta e inédita do SBT
(Foto: Lourival Ribeiro/SBT)
Prometido e adiado durante anos, o segundo horário de novelas do SBT pode finalmente sair do papel em 2016. Executivos do canal estão realizando cálculos para colocar uma trama inédita no ar, ocupando o lugar da reprise de “Carrossel”, que deve terminar em meados do próximo ano. É o que informa o jornalista Daniel Castro.
No entanto, se optar por arriscar em uma segunda novela, será uma trama adulta, e não infanto-juvenil, filão que fez a dramaturgia do SBT “ressurgir” e voltar aos dois dígitos, em 2012. A produção também será um texto original – e não adaptação de argumento mexicano ou argentino como vem acontecendo atualmente – , provavelmente escrito por Íris Abravanel.
A emissora de Silvio Santos tem o sonho de ter duas novelas inéditas no ar ao mesmo tempo desde 2011, quando teve dois autores: Íris e Tiago Santiago. A esposa de Silvio Santos emplacou com adaptações de tramas mexicanas e argentinas para o público infanto-juvenil, já Tiago Santiago não conseguiu vingar suas novelas – alguns projetos do autor nem foram ao ar – e deixou o canal.
Depois disso, o projeto do segundo horário de novelas voltou com força, e o SBT chegou até a estudar uma parceria de coprodução com a Endemol, sócia da Globo, para adaptar um texto argentino. Porém, a emissora desistiu por causa da Copa do Mundo de 2014, que concentrou verbas publicitárias. Neste ano, a ideia surgiu novamente, mas acabou saindo de cogitação por causa do cenário econômico complicado. Mesmo não tendo boas expectativas para 2016, os executivos do SBT voltaram a trabalhar no projeto, realizando planejando de custos, e passaram a sondar possíveis investimentos publicitários.
Ter uma segunda novela no ar é importante por vários motivos. Do ponto de vista comercial, ter uma segunda novela no ar aumenta o faturamento e qualifica o público – no caso de uma produção adulta. Quanto a programação, uma trama adulta faria uma transição mais suave da novela infanto-juvenil para a linha de shows. Atualmente, há uma fuga de público entre “Carrossel” e o “Programa do Ratinho”, que demora para subir na audiência.
Os diretores do SBT planejam manter uma novela infanto-juvenil no atual horário de “Cúmplices de Um Resgate”, às 20h30, e estrear uma adulta inédita e original na vaga de “Carrossel”.
Desde 2012, quando levou ao ar a novela “Corações Feridos”, baseada na trama mexicana “La Mentira”, e também adaptada por Íris Abravanel, o SBT não exibe uma novela adulta e inédita de produção própria.

0 comentários:

Visitantes pelo mundo